Estruturação Patrimonial e Planejamento Sucessório

A sucessão planejada gera segurança para os herdeiros, individualização de patrimônio, evita disputas futuras, e assegura a melhor inteligência fiscal. Tudo isso por meio de instrumentos capazes de proporcionar a manutenção do patrimônio, os investimentos familiares e a continuidade das empresas, sem perder de vista a preservação da harmonia familiar. Ser eficiente no planejamento patrimonial está relacionado a inexistência de litígios e passivos, bem como na possibilidade de se estabelecer, principalmente, a legislação tributária aplicável, evitando que eventuais alterações no futuro venham impactar negativamente nas sucessões ou transferência do patrimônio.
 

 

Publicações relacionadas

REDUÇÃO DE DIVIDA RURAL, PLANEJAMENTO PATRIMONIAL E SUCESSÃO – PARTE 01

 Evento realizado em 19 de maio de 2019 na 47ª Expoingá, em Maringá (PR). Palestrantes: Orlando Anzoategui e Luiz Paulo Jorge Gomes. O evento foi promovido pela Sociedade Rural de Maringá (SRM) junto com

A POLÊMICA SOBRE A IMUNIDADE TRIBUTÁRIA DO ITBI NA INTEGRALIZAÇÃO DE IMÓVEIS

A transmissão de bens ou direitos incorporados ao patrimônio de pessoa jurídica em realização de capital social, em regra, goza de imunidade tributária no que diz respeito ao ITBI, ou seja, o imposto não pode

Multa não pode ser de mais de 20% do imposto sonegado, decide juiz – 05/07/2019

 Multas tributárias não podem ser de mais de 20% do imposto sonegado. Assim entendeu o juiz Luis Manuel Fonseca Pires, da 3ª Vara da Fazenda de São Paulo, que reduziu multa de R$ 267

Ver todos