Versão em Português English Version

Microempresa inadimplente poderá voltar ao Simples - 14/06/2019

 

Os microempreendedores individuais, microempresas e empresas de pequeno porte excluídos do Simples Nacional em janeiro de 2018 por inadimplência poderão extraordinariamente fazer nova opção pelo regime tributário. A permissão de retorno ao Simples está garantida pela Lei Complementar 168, de 2019, publicada na edição desta quinta-feira (13) do Diário Oficial da União.

Naquele ano, cerca de 500 mil empresas foram excluídas do programa por terem débitos pendentes.

A norma foi promulgada pela presidente Jair Bolsonaro depois que o Congresso rejeitou no último dia 5 um veto (VET 29/2018) do ex-presidente Michel Temer ao projeto que permitiu que os micro e pequenos empresários optantes do regime especial poderiam retornar ao Simples Nacional se aderissem a um programa de refinanciamento de dívidas, conhecido como Refis do Simples.

Com o veto derrubado e a promulgação da lei, os optantes do regime especial terão prazo de 30 dias para fazer nova opção pelo Simples Nacional, com efeitos retroativos a 1º de janeiro de 2018. As dívidas poderão ser parceladas com descontos de até 90% dos juros, 70% das multas e 100% dos encargos legais.

Fonte: Agência Senado

 

:: Voltar | Todas as notícias

Tradutor

Outras Notícias

Volkswagen deve pagar contribuição de terceirizados de entidade filantrópica - 12/07/2019

Defesa da montadora alegou que não havia vínculo trabalhista recurso foi negado no CARF .



Por ausência de fato gerador de ISS, TJ-SP anula multa cobrada de empresa - 12/07/2019

Quando uma empresa não presta serviços a outras de forma contínua, não há fato gerador de pagamento do ISS .



Pequenos negócios têm até próxima segunda (15) para retornar ao Simples Nacional - 11/07/2019

Podem retornar ao programa negócios que tenham sido excluídos no primeiro dia do ano de 2018, que tenham aderido ao Pert-SN .



eSocial será substituído por dois novos sistemas em janeiro - 11/07/2019

Segundo secretário, programa atual será mantido nos próximos seis meses com simplificações .



» JorgeGomes.com.br © Direitos Reservados
Desenvolvidor por Argon | Otimização de Sites